A arte de ser moderno não está em escolher apenas o que é atual, mas passa também pela valorização de heranças e memórias afetivas. Foi a partir desse insight que nasceu a mais nova campanha de Dia das Mães da FARFETCH, plataforma global líder para a indústria da moda de luxo, que neste ano, celebra a beleza do que é passado de geração em geração, seja das mães para seus filhos e, por que não, das gerações mais jovens para as mais experientes. A companhia aproveita, ainda, para evidenciar seu portfólio de marcas nacionais. Hoje, são mais de 60 grifes locais disponíveis no marketplace.

Intitulada “Heranças: passado, presente, futuro”, a campanha conta com a participação de três membros da FARFETCH Crew – time de criadores de conteúdo parceiros da marca. Com elementos que se materializam em um mood nostálgico, as peças publicitárias destacam a curadoria exclusiva de marcas nacionais encontradas apenas na FARFETCH. Vestindo labels como PIU.Brand, Amapô, Olympiah, Adriana Degreas e Egrey, os influenciadores e suas famílias refletem sobre valores e aprendizados passados entre as gerações em fotos, vídeos e depoimentos lúdicos e divertidos.

Juan Guedes e Malu Borges aparecem ao lado de suas mães, Maria e Marcia, respectivamente, e Wytoria Andrade estrela com sua filha Valentina. Em conversa com a FARFETCH, Guedes, criador de conteúdo de moda, lembrou de como sua mãe o ensinou sobre gentileza. “Ela sempre falava que era legal a gente ter uma gentileza que incomodasse os outros, sabe? Ser tão gentil a ponto do outro se sentir impactado com aquilo e poder passar para frente também.”

Mas o foco em marcas nacionais vai muito além da campanha: é uma estratégia da plataforma para o Brasil – intensificada, inclusive, durante o contexto pandêmico. A FARFETCH funciona como uma vitrine do país para o mundo. Marcas como Osklen, NK, Andrea Bogosian, Nannacay, Pace, Lenny Niemeyer e À La Garçonne marcam presença no marketplace, que conecta consumidores em mais de 190 países. Hoje, 70% das marcas nacionais presentes na plataforma já são exportadas. Em 2021, por exemplo, foram vendidos produtos nacionais para 116 países – sendo Estados Unidos, Rússia e China os que mais compraram.

Sobre o conceito da campanha, Mariana Tozzini, gerente de branding da FARFETCH, explica que ao mesmo tempo em que a curadoria única e exclusiva da plataforma está em constante atualização, alguns princípios da moda nunca vão embora e viram statements cada vez mais fortes com o passar do tempo. “A ideia de herança é inerente à moda. Não poderíamos celebrar esse conceito em outro momento, uma vez que o Dia das Mães é uma data tão forte e especial para o nosso consumidor”, comenta.

De fato, é o que mostram os dados da FARFETCH. A empresa registrou um aumento de 116% nas vendas online para o Dia das Mães na comparação entre 2019 e 2020. Já no comparativo entre 2021 e 2020, houve um crescimento de 85% no faturamento da data.

Ainda no balanço ano contra ano, a empresa registrou aumento de 29% na visualização de produtos no marketplace no período que antecede a data comemorativa, com destaque para as categorias de tênis esportivos, sandálias e shoulder bags. Acessos ao gift guide exclusivo e à página da campanha também despontaram, com crescimento de 38% e 31%, respectivamente.

Tags

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

top