A Lacoste é conhecida pelo talento de liderar movimentos contemporâneos, por isso eliminou as últimas relíquias de uma moda centrada em gênero para revelar a conexão genuína entre o guarda roupa masculino e feminino. A coleção Primavera/Verão 2019 chega focada em estilo ao invés de gênero, com uma visão nem política e nem provocativa.
A grife misturou peças atemporais e sazonais, apostando em uma coleção com perfume vintage, que une o DNA do tênis, com o universo streetwear dos anos 90. Uma abordagem criativa e pouco convencional do estilo “sportcore”, com seu toque de exclusividade e um inconformismo libertador.
A identidade da marca é revisitada, trazendo um refresh para algumas das principais características da LACOSTE. A peça central dessa nova coleção é a camisa polo, ícone sportswear unissex. Enquanto as ruas abraçam o tênis, o normcore é incorporado ao mundo subversivo do streetstyle, tornando-se o novo padrão de roupas para serem usadas no dia-a-dia. Tecidos básicos, como algodão, são integrados a outros materiais, como o poliéster ou tafetá de diamante, enquanto os volumes e as proporções se ampliam, em peças oversized e com camadas, estruturando a silhueta e aumentando as possibilidades.
As calças esportivas e jaquetas ganham novo visual com logos e podem ser usadas por homens ou mulheres. O terno masculino se transforma em um conjunto de calça e blazer para mulheres, a camisa polo extra larga é combinada com uma saia longa plissada ou com shorts tecnológico de jersey que são usados com cintura alta, presos por um cinto. A divisão entre a moda e o esporte não existe mais.
O logo se destaca e se sobressai ao resto: no boné, ele surge em tamanho gigante, enquanto assina discretamente um par de óculos retrô modelo aviador. O crocodilo também marca presença em dois modelos de tênis, o Sideline de lona branca, com suas listras multicoloridas, e o Masters, com a minimalista linha de couro que já faz parte dos arquivos da grife. A marca também tem destaque estampando um look total denim.
Uma moda dinâmica, sem estampas – com exceção de um print de palmeira revisitada e as linhas geométricas de uma camisa polo – que dá liberdade às cores tradicionais da LACOSTE como marinho, verde, vermelho, branco e preto, em peças monocromáticas ou em blocos de cores.
Fotografado por Craig McDean, a campanha Primavera/Verão 2019 da LACOSTE é intermutável e unissex, transcende o gênero. Roupas que, uma vez definidas, são usadas agora como um meio de conquista. Encontrar o contexto adequado na atual moda sem gênero, provocando uma mudança sociocultural com um impacto de longo alcance.

Tags

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

top