A marca vegana de slow-fashion apresentou na passarela peças artesanais, únicas, numeradas e exclusivas. A inspiração foi a artista cubana Ana Mendieta, que faleceu aos 36 anos em Nova York, deixando um legado no feminismo.

A coleção recebeu o nome de “Latina” e foi pensada durante a pandemia pela estilista, tendo como tema a hipersexualização da mulher latina. Confira o desfile:

Tags

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

top