Tolerância foi o tema do desfile de Ronaldo Fraga que teve como nome “A Colina da Primavera”. A inspiração veio de um bistrô em Tel Aviv, onde o estilista encontrou um cartaz que dizia: “Se um árabe e um judeu dividir esta mesa, nós oferecemos 50% de desconto”, que o fez pensar que a guerra está no Brasil, onde vemos conflitos por todo lado.
Ronaldo descreveu uma das estampas de sua nova coleção como “Respingos de sangue azul”, tendo como referência o conflito entre palestinos e israelenses que já derramou muito sangue, da mesma cor independente do lado.
Os modelos entravam sempre em dupla, lado a lado, e na frente dos fotógrafos se beijavam. Após isso, se sentavam na mesa colocada no meio da passarela para todos comerem juntos.
A ideia dos looks era mostrar algumas características do vestuário ortodoxo judaico e árabe. Por isso, Ronaldo investiu na camisa, pois é comum às duas culturas, assim como as listras azuis que são usadas pelos dois povos.

Tags

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

top